Vulcões e terremotos: o ‘Círculo de fogo’ explode em atividade.

Terremotos e erupções vulcânicas tem agitado as Filipinas, Indonésia, Japão, Alasca e Califórnia nesta semana.

Uma erupção vulcânica nas Filipinas força evacuações em massa, enquanto outra no Japão mata uma pessoa. Sobre o Pacífico, um terremoto de magnitude 7,9 atinge o Alasca. Qual a conexão de tais eventos?

A onda de atividade em torno do chamado Círculo de fogo do Pacífico aumentou a preocupação de que uma grande e potencialmente mortal erupção vulcânica ou terremoto poderia estar a caminho. Aqui está o que os especialistas dizem:

Aonde esses eventos estão acontecendo?

As recentes erupções vulcânicas e terremotos ocorreram ao longo de um cinturão que contorna o Oceano Pacífico, e é conhecido como o ” Círculo de fogo “.

Indo da Indonésia até a costa do Chile em um arco de 40.000 quilômetros, o cinturão é o lar da maioria dos vulcões ativos e latentes do mundo e é onde a grande maioria dos terremotos ocorrem.

É um círculo interligado de linhas de falhas – fissuras na crosta superior – que estão sob pressão constante de rocha fundida.

Ocasionalmente, as fissuras cedem e explodem, criando erupções vulcânicas e fazendo com que o terreno de cada lado da linha de falha se mova violentamente, provocando terremotos.

 

Por que eles estão acontecendo agora?

Os terremotos ocorrem em torno do Círculo de fogo diariamente, mas a recente série de terremotos e erupções provocou a reação de algumas entidades, como o Escritório da ONU para Redução do Risco de Desastres que tweetou que o Círculo de fogo estava “ativo”.

“O Círculo de fogo do Pacífico está em um período de atividade”, reconheceu Toshiyasu Nagao, diretor do Centro de Pesquisa de Previsão de Terremoto da Universidade de Tokai.

“Em termos de história vulcânica, no entanto, a atividade atual ainda é considerada normal”, disse ele à AFP.

“Não é referido como o ” Círculo de fogo “porque ele senta lá sem fazer nada … é normal ter tanta atividade”, disse através de um tweet o vulcanólogo Janine Krippner.

 

Esses eventos estão ligados?

As recentes erupções e terremotos causaram alguma especulação sobre um potencial “efeito dominó”, mas os especialistas dizem que não é assim que funciona o Círculo de fogo do Pacífico.

“As atividades vulcânicas não estão correlacionada”, disse Yosuki Aoki, professor assistente de vulcanologia física da Universidade de Tóquio.

Ele disse que os vulcões “passam por ciclos de atividade e inatividade, e os recentes acontecimentos fazem parte disso”.

“Eu não acho que algo anormal está acontecendo”.

“Esta é uma atividade bastante normal para a Terra, a mídia está apenas relatando mais delas agora”, acrescentou Krippner em sua conta no Twitter.

 

Haverá mais?

O Círculo de fogo do Pacífico tem produzido os tremores sísmicos e as erupções vulcânicas mais fortes do mundo, mas os especialistas dizem que as atividades recentes não prescrevem necessariamente um grande desastre natural.

“Não podemos prever terremotos e erupções vulcânicas com precisão. A ciência da Terra não se desenvolveu tanto ainda”, disse Shinji Toda, professor do Instituto Internacional de Pesquisa de Ciências de Desastres da Universidade de Tohoku.

“Tais previsões são muitas vezes feitas rotineiramente após grandes eventos. Se você diz isso todos os dias por um longo período de tempo, naturalmente você conseguirá acertar em algum momento”.

Nagao disse que a atividade vulcânica observada no Japão poderia continuar, mas que a região estava passando por um período relativamente silencioso para terremotos.

“Em termos de terremotos, a região não é tão ativa agora”.

“Houve um terremoto no Alasca no outro dia, mas terremotos com tal força ocorreram regularmente na região”.

 

 

Nota: O post veiculado acima é uma tradução livre da máteria feita pela AFP – AGENCE FRANCE PRESSE.

Siga-nos: Geologando no Facebook | Geologando no Instagram

 

2 comentários

  1. FERNANDES-MOCA, J.M. em março 15, 2018 às 7:28 pm

    Dá para notar que o Pacífico está se fechando? Sabe porque as placas continentais estão se deslocando radialmente a partir da África, durante os últimos 200 MA no sentido do centro do Pacífico?

  2. FERNANDES-MOCA, J.M. em março 15, 2018 às 7:30 pm

    Se descobrir a resposta certa, você estará diante da real Geodinâmica.

Deixe seu comentário